Google Universal Analytics Deixará de Funcionar em 1 de Julho de 2023

Google Universal Analytics Deixará de Funcionar em 1 de Julho de 2023

Google vai desativar o Google Universal Analytics em 2023. O Google anunciou ainda durante o mês de Março que o Google Universal Analytics deixará de funcionar em 1 de Julho de 2023. Dessa forma, a nova versão do Google Analytics 4, vem para ser o futuro do web analytics. 

Além disso, diferente do seu predecessor, o GA4 opera em diferentes plataformas, não emprega cookies e utiliza mensuração baseada em dados de eventos e conversões customizadas. 

O Google Analytics 4 também não armazena endereços IP, o que ajuda empresas a se manter dentro da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Quer saber mais sobre LGPD e como adequar o seu site à nova legislação? Clique aqui e fique por dentro de tudo sobre LGPD para empresas.

O Google vem buscando implementar funcionalidades para suprir as empresas com informações relevantes para se conectarem com os clientes em potencial. Nesse sentido, o Google Analytics 4 (GA4) é uma ótima ferramenta para você conhecer e aplicar na sua estratégia de marketing, a fim de mensurar seus resultados. 

Comece a usar o Google Analytics 4, configure, leia sobre os primeiros passos e uma introdução ao Google Analytics 4. O que vai mudar no Google Analytics 4? Quais as novas funcionalidades e como utilizá-las? Quais os benefícios que o Google Analytics 4 trará para minha empresa? Como fazer a migração para o Google Analytics 4?

Abaixo os tópicos que veremos sobre essa notícia de que o Google Universal Analytics deixará de funcionar em 1 de Julho de 2023. Veja:

1. Google Universal Analytics Deixará de Funcionar em 2023

2. Novo Google Analytics 4 é o Futuro do Web Analytics

3. Comece a Usar o Google Analytics 4

4. O que muda com o Google Analytics 4?

5. Melhorias do Google Analytics 4

6. Conclusão

Vamos lá!?

1. Google Universal Analytics Deixará de Funcionar em 2023

Durante o mês de março, a gigante da tecnologia e inovação, veio a público informar que o Google Universal Analytics não mais irá coletar e utilizar dados a partir de 1° de julho de 2023.

Dessa forma, a partir desta data, o Google permitirá o acesso aos dados da ferramenta pelo período de no máximo seis meses, a fim de possibilitar aos usuário exportar seus relatórios para guardar tais informações.

O Google ainda não definiu as datas em que as propriedades atuais do Google Universal Analytics estarão disponíveis, pois, a partir de tais datas, o sistema não permitirá o acesso aos relatórios anteriores.

Para verificar se a sua conta criada no Google Analytics sofrerá mudanças, é necessário analisar o seguinte fator:

Caso a data de criação for anterior à data de 14 de outubro de 2020, as chances de que esteja utilizando o Google Universal Analytics e que seja preciso mudar para o Google Analytics 4 são grandes.

Por outro lado, se a data de criação for posterior à 14 de outubro de 2020, há grandes possibilidades de já estar utilizando o Google Analytics 4, não sendo necessária nenhuma mudança.

Importante destacar que o quanto antes sua conta mudar para o Google Analytics 4, melhor será a sua adaptação com a nova ferramenta e suas funcionalidades, além de aproveitar uma nova experiência da plataforma e suas mudanças.

2. Novo Google Analytics 4 é o Futuro do Web Analytics

Em linhas gerais, os engenheiros do Google na criação e desenvolvimento do Google Analytics 4, buscaram criar uma ferramenta de mensuração online baseada em serviços web desktop, a partir de sessões independentes e sem necessidade de cookies.

Em oposição ao Google Universal Analytics, a nova versão busca trabalhar em diferentes plataformas, com um sistema ativado por eventos para a sua mensuração dos dados.

Outro fator importante, é que o Google Analytics 4 não mais armazenará os endereços IPs, cooperando para as organizações cumprirem os preceitos das legislações de privacidade, como a LGPD.

Apesar do intervalo de aproximadamente 1 ano, é essencial para a sua empresa configurar suas propriedades para utilizarem o Google Analytics 4. Pois, dessa forma, será possível utilizar o novo modelo de rastreamento, além de já ir criando o histórico dos seus dados para posteriores consultas.

Por fim, empresas que já utilizam o Google Analytics 4 estão obtendo vantagem frente aos seus concorrentes que não a utilizam, a partir do suprimento dos novos recursos da ferramenta.

3. Comece a Usar o Google Analytics 4

O Google Analytics 4 é uma ótima ferramenta para atender às exigências para mensuração de métricas para o seu negócio. Além disso, o Google Analytics 4 apresenta insights relevantes sobre a jornada dos seus clientes, respeitando a privacidade dos mesmos.

Para realizar a configuração do Google Analytics 4 da sua propriedade é relativamente fácil. Listamos a seguir os primeiros passos para usar a configuração, a partir do assistente de configuração do GA4 para sites que já possuem tags do Google Analytics:

Na sua conta do Google Analytics, selecione a aba Administrador;

Busque a coluna conta e selecione a opção conveniente;

Busque a coluna Propriedade e seleciona a propriedade referente ao Google Universal Analytics em uso;

Selecione a opção Primeiros passos;

Caso no seu site esteja em uso a tag gtag.js, selecione a opção Ative a coleta de dados usando suas tags existentes para implementar a coleta de dados para a sua propriedade do Google Analytics 4;

Selecione Criar propriedade.

Após esse processo, a tela exibirá uma mensagem informando que suas propriedades foram vinculadas ao GA4. 

4. O que muda com o Google Analytics 4?

Em outubro de 2020 foi introduzido o Google Analytics 4 com o objetivo de apresentar aos usuários da ferramenta insights assertivos, com melhor integração com o Google Ads e a sua utilização em diferentes dispositivos. A partir desses dados, o Google Analytics apresenta as seguintes novidades:

Integração com o Search Console;

Insights preditivos;

Integração com o Google Ads 360;

Nova interface.

Privacidade do usuário;

Aprendizado de máquina para buscar insights que ajudem a compreender a jornada do cliente nas mais diferentes plataformas e dispositivos.

É possível otimizar o desempenho das plataformas de anúncios, como o Google Ads, a partir da mensuração dos resultados a fim de obter melhores resultados e aumentar o ROI de marketing.

5. Benefícios do Google Analytics 4

O Google Analytics é a principal ferramenta para a mensuração de resultados de sites. A partir dele, é possível identificar as principais características do público que acessa as suas páginas, tais como localização, dispositivo, páginas mais acessadas, quantidade de conversões, dentre outros.

Então, para ajudar os usuários da plataforma a cada vez mais atingirem seus resultados com insights assertivos e informações relevantes, o Google lançou a nova versão do Analytics, conhecida como Google Analytics 4. O GA4 conta com os seguintes benefícios:

Monitoramento e rastreamento de sites e aplicativos;

Maior automatização para rastreamento, através de ações e eventos pré-estabelecidos;

Relatórios mais desenvolvidos;

Rastreamento com respeito à privacidade do usuário, através de formas inovadoras e avançadas de rastreamento;

Rastreamento completo visando as interações do usuário com a sua página, fornecendo melhores informações sobre a jornada do seu cliente;

Crescimento do ROI a partir de informações essenciais para suprir a sua estratégia de marketing de maneira assertiva.

6. Conclusão

Muito obrigado por nos acompanhar até o final desse blog post. Buscamos trazer conteúdos relevantes sobre assuntos diversos de tecnologia e marketing digital. No post de hoje, nosso intuito foi trazer informações relevantes sobre o novo Google Analytics 4. Se esse conteúdo foi importante para você, favorite-o para acessá-lo novamente mais tarde. Fique sempre atento às nossas últimas postagens. Leia esse outro blog post para saber O que é e Como Ativar o Novo Google Analytics 4?

Conteúdo desenvolvido pela DIVIA Marketing Digital

/
/
/
/
/
/
/
/
/
/
Clique para Ligar
Fale por WhatsApp
Fale por WhatsApp